domingo, 3 de abril de 2011

Um dia de primavera




Hoje foi um daqueles típicos dias que me dão prazer de morar aqui em Treviso. Começou assim com um bello cappuccino e pasticcini. Depois, hora de ir para igreja alimentar a alma. Tendo feito isso, jogo rápido para ir em casa pegar a bicicleta, ignorar o almoço e sair pedalando. O percurso escolhido foi em volta da muralha da cidade. Vi exposição de carros antigos. Este pequenininho é a primeira versão do Fiat 500.


Vi o mercado de flores do domingo.Observei as primeiras folhas das árvores. Fiz autoretrato nas belas paisagens do caminho.

Fotografei os pássaros que migram para a região para a reprodução,


Vi gente fazendo a metamorfose com os raios de sol dos primeiros dias de primavera,


Vi um artesão trabalhando a madeira em plena praça da cidade e me lembrei do velho Geppeto, de Pinocchio.


Também escutei a música de uns índios venezuelanos, tomei sorvete na minha gelateria preferida (panna cotta con crocante), tagalerei com as atendentes da cafeteria que sempre frequento e vi o sol se formar em uma moeda de ouro quando voltava para a casa. Ah, e o saldo de cappuccini foram 4 no final da tarde! Virou vicio?


.


Em dias como este meu coração dorme em paz. E como foi o teu domingo?


.


Ps.: Preciso da ajudo dos universitários: alguém sabe me dizer como faço para deixar o meu álbum web do Picasa como link permanente no meu blog? Aceito ajuda para resolver este mistério misterioso...rs.


.


Ciao a tutti!

2 comentários:

Elvira disse...

Ah Claudia, que domingo delicioso!
O meu foi muito sem graça.
Aqui em São Paulo choveu forte o dia todo e o frio já chegou.
Acabei ficando em casa mesmo e não fiz nada de especial (e também não estudei o francês, que feio...).

Beijos e boa semana.
Elvira

Rosy disse...

Que saudades desse cappuccini . Bonitas fotos.
Beijos