terça-feira, 28 de abril de 2009

Teste - Qual livro vc seria?

Uma coisa que eu amo nos blogs são os caminhos que nos fazem chegar até outros que não conhecemos. Um comenta noutro, que você vê, clica e descobre uma casa nova. E foi neste caminho que achei este teste muito interessante: se fosse um livro, qual seria? Com certeza eu seria este aqui.
.
"Antologia poética", de Carlos Drummond de Andrade."O primeiro amor passou / O segundo amor passou / O terceiro amor passou / Mas o coração continua". Estes versos tocam você, pois você também observa a vida poeticamente. E não são só os sentimentos que te inspiram. Pequenas experiências do cotidiano – aquela moça que passa correndo com o buquê de flores, o vizinho que cantarola ao buscar o jornal na porta – emocionam você. Seu olhar é doce, mas também perspicaz.
.
'Antologia poética' (1962), de Drummond, um dos nossos grandes poetas, também reúne essas qualidades. Seus poemas são singelos e sagazes ao mesmo tempo, provando que não é preciso ser duro para entender as sutilezas do cotidiano."
.
Eu sou amante dos livros, da boa escrita, do assunto que envolve e me faz pensar ou apenas sentir. Uma boa leitura, assim como a boa música, me faz entrar em um mundo particular, somente meu. Ainda não li Antologia Poética mas quero ler assim como quero ler tantos outros. E isso me faz refletir como, em outro país, eu tenho valorizado tanto a nossa cultura. E foi justamente na Europa, no berço cultural renascentista, que eu me dei conta da preciosidade de nossos escritores, poetas, cantores e artistas. Pode ser saudades de casa mas sei também que é o meu orgulho brasileiro por ter algo tão preciso vindos da terra que tem palmeiras onde canta o sabiá.
.
Neste exato momento ouvindo Inverno, na voz de Adriana Calcanhoto.

Um comentário:

Annah disse...

Olha o que o meu deu:

Resultado
Foto: Divulgação


"No país da piada pronta", de José Simão
A tragédia do cotidiano te faz rir para não chorar. E por que rir sozinho, não é mesmo? Você logo convida quem estiver por perto a rir com você. E consegue! Divertido e inteligente, você garante que a maioria de suas piadas é, sim, de bom gosto. E que não concordem os mal amados de plantão! Não que você seja alienado ou não perceba o sofrimento dos outros, muito pelo contrário. Mas, muitas vezes, o melhor remédio é mesmo dar uma boa gargalhada.
O colunista-humorista José Simão, do jornal Folha de S.Paulo, reúne em "No país da piada pronta" (2007) verbetes de dicionários criados por ele, como o do tucanês e do lulês.


kkkkkkk Tu sabes que deu tri certo pra mim. Sou exatamente assim no meu dia a dia

Linda, olha só estou meio afastada porque estou trabalhando mais que burro na roça, loucamente pra capturar um maney pra viajar em agosto pro Uruguay.Mas óh, estou sempre por aí qualquer coisa é só chamar, mandar email... comments... que apareço.
Dentro de alguns meses volto a publicar com frequência e a comentar todas postagens ;)

Um beijo gigaaaaante asssim óh \O/